| Registrar-se
HomeArtigosCrescimento de IgrejasComo diagnosticar a qualidade dos ministérios na igreja local? - Crescimento Diaconal
Como diagnosticar a qualidade dos ministérios na igreja local? - Crescimento Diaconal
Índice do Texto
Como diagnosticar a qualidade dos ministérios na igreja local?
Crescimento Orgânico
Crescimento Conceitual
Crescimento Diaconal
Todas as Páginas

Crescimento diaconal

Compreende todas as esferas de ação da igreja no serviço ao próximo e que resultam em serviço ao mundo. O serviço cristão é fundamentado e impulsionado pelo amor de Cristo. A igreja demonstra a concretude e proximidade do amor redentor de Jesus Cristo através de sua diaconia. Assim sendo, todas as atividades evangelísticas e os diversos ministérios da igreja devem desembocar no serviço de amor ao próximo. Isso autentica a missão integral da igreja. Somente quando a igreja vive e pratica esse evangelho, ela será respeitada na sociedade brasileira.

A dimensão diaconal está relacionada com o aspecto ético da igreja e sua missão. Isto implica na avaliação da eficácia de seu ministério libertador e reconciliador à luz dos resultados concretos no serviço prestado ao mundo (4.1). Tem a ver com seu papel como comunidade a serviço dos outros e o envolvimento de seus membros nas lutas e problemas da sociedade (4.2). A diaconia vai crescendo à medida que seus membros estão presentes na estrutura da sociedade, participando dos seus problemas, conflitos, temores e esperanças. Costa nos lembra que sem esta dimensão a igreja perde sua autenticidade e credibilidade, pois somente na medida em que conseguir dar visibilidade e concreticidade à sua vocação de amor e serviço, ela pode esperar ser ouvida e respeitada.

Em que grau o serviço da igreja ajuda a aliviar a dor humana e a transformar as condições sociais que têm condenado milhões de homens, mulheres e crianças à pobreza, analfabetismo e violência? Crescimento diaconal inclui também a reflexão bíblica teológica e crítica social (que mudanças são produzidas e como se justificam à luz das Escrituras) bem como a medição da intensidade do envolvimento e participação da igreja na sociedade. A mensagem do evangelho da reconciliação precisa impactar e transformar a vida cotidiana e os problemas sociais mais conflitantes. Quanto maior a intensidade e penetração do serviço da igreja na prevenção e terapia das necessidades sociais de seu contexto, maior será seu crescimento diaconal.

(4.1) Sua igreja desenvolve ou participa diretamente de algum Projeto Social? Qual?

1. Creches e/ou Pré-escolas (0 a 6 anos)       2. Casa-Lar - faixa etária:______

3. Atendimento Ambulatorial                         4. Atendimento a dependentes químicos

5. Internamento                                              6. Asilos

7. Apoio Sócio-Educativo (7 a 12 anos)        8. Sopão

9. Alfabetização de Adultos                            10. Ensino profissionalizante

11. Distribuição de cestas básicas                 12. Nenhum

(4.2) Vocês desenvolvem periodicamente atividades de auxílio aos membros da igreja com dificuldades? Quais?

1. Não                                                                                    2. Cesta básica

3. Pagamento de conta de luz elétrica e/ou água      4. Pagamento de aluguel

5. Medicamentos                                                        6. Outros:___________________

 

Portanto, estas e muitas outras perguntas podem ajudar os pastores a conhecer melhor como estão as suas igrejas e analisarem a igreja local no que se refere ao seu crescimento numérico, situação financeira, perfil da liderança, participação na vida da comunidade, participação nos cultos, visão ministerial, projetos sociais, avaliação pessoal dos crentes com respeito à participação em Missões locais e transculturais. Em suma, estas questões, quando combinadas, comparadas e interpretadas corretamente poderão trazer luz à saúde da igreja.

As diversas dimensões do crescimento levam a um constante questionamento e auto-avaliação por parte da igreja quanto a sua relevância e poder de impacto no mundo, nos diversos âmbitos e relações humanas. Precisamos estudar o nível de participação de cada membro nos ministérios da igreja, a história da igreja, os métodos que têm dado melhor resultado, as experiências pragmáticas que mais contribuíram para o crescimento integral da igreja, etc., e, assim orar e buscar nossa própria transformação. A liderança missional mobiliza os membros da igreja no serviço e ministério, não apenas para provar a utilidade interna dos cristãos para o bem da própria organização. Compartilhar e viver o evangelho integral deve ir além do propósito de crescimento e recrutamento de novos membros. O evangelho tem o propósito de oferecer nova vida e novas possibilidades às pessoas para as quais Deus tem demonstrado amor.

Quando cresce integralmente, a igreja missional se torna sinal e instrumento da vinda de Cristo, apontando para além de si mesma, para o Reino de Deus. O alvo, obviamente, não é curar todas as enfermidades ou mudar todas as pessoas, mas sim modelar agora a verdade e o propósito final de Deus, mesmo que de forma imperfeita. A igreja demonstra uma nova ordem social, uma cultura alternativa em sua maneira de viver.

 


[1] Dimensiones del Crecimiento Integral de la Iglesia, p. 8-14.

[2] P. 12.



 

Copyright 2012 - SEPAL Pesquisas todos os direitos reservados

Confins da Terra